Eliana Tranchesi: quem vai ficar com a D&G?

Na última terça, empresária promoveu um jantar em sua casa, no Morumbi, para os italianos David Cerutti e Fabrizio Cardinali

Na última terça, a empresária Eliana Tranchesi promoveu um jantar em sua casa, no Morumbi, para os italianos David Cerutti e Fabrizio Cardinali. E daí? Mais que mero registro social, o encontro aponta uma movimentação de bastidores do mercado de luxo. Cerutti é executivo da Dolce & Gabbana, grife já vendida pela Daslu. Cardinali, porém, é da D&G, marca que no país tem contrato com os empresários André Brett e Michelle Nasser, também donos da Armani por aqui.

“É mais prático para eles ter um parceiro só”, diz Eliana, que elabora um plano de recuperação judicial para tentar pagar dívidas de 80 milhões de reais. Duas funcionárias dela levaram os visitantes ao Rio e a Brasília em busca de pontos para novas lojas. O Grupo Armani Brasil afirma que não há mudanças previstas em seus negócios com a D&G.

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s