Edifício na Praça do Patriarca funciona como hospedagem para artistas

Artistas plásticos estrangeiros de passagem por São Paulo para criar, estudar ou expor têm endereço certo. O Edifício Lutétia, na Praça do Patriarca, construído na década de 20 e tombado pelo Conpresp, foi restaurado há dois anos e funciona como residência provisória mantida pela Faap. Desde setembro do ano passado, onze pintores, desenhistas e escultores alojaram-se em seus dez apartamentos. “Cada um tem de ficar de dois a seis meses aqui”, explica o coordenador do curso de artes plásticas, Marcos Moraes, um dos idealizadores do projeto. “Isso obriga o artista a interagir em São Paulo, realizando uma troca com a cidade.”

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s