Doze massagistas cegos trabalham em clínica na Barra Funda

Quando tinha 20 anos, Fábio da Silva perdeu a visão. Hoje, aos 31, é um dos doze massagistas cegos que trabalham em uma clínica da Barra Funda. Cada sessão custa de 10 a 50 reais, conforme o tipo de massagem e a duração. “Os clientes contam que nosso toque é bem mais sensível”, propagandeia Silva. Quem quiser experimentar pode agendar pelo Tel. 3392-4240.

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s