A cratera da Vila Madalena

Um mês e meio depois de surgir por conta de uma chuva forte, buraco está com 3 metros de diâmetro e 5 de profundidade

Segundo a prefeitura, cerca de 1.000 buracos são abertos todos os dias na cidade. No dia 11 de janeiro, uma chuva forte criou um na esquina das ruas Gerard David e Cipriano Juca, na Vila Madalena. Na ocasião, um carro até caiu na abertura, àquela altura, trivial. Um mês e meio depois, a depressão “evoluiu” para uma cratera de respeito, com 3 metros de diâmetro e 5 de profundidade, depois que uma galeria subterrânea ruiu. Técnicos da Secretaria de Infraestrutura Urbana trabalham no local e a previsão é que o problema seja resolvido só em maio.

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s