Contribuinte não poderá sacar créditos da Nota Fiscal Paulista a partir de segunda

Segundo o governo estadual, medida é temporária e passa a valer a partir das 13h do dia 5 de outubro

Nesta segunda (5), a partir das 13h, a opção utilizar créditos da Nota Fiscal Paulista estará fora do ar temporariamente, de acordo com o governo do estado. Segundo a gestão Geraldo Alckmin (PSDB), o serviço será retomado “em breve”.

A suspensão, de acordo com informações do governo do Estado, acontece devido a uma manutenção para iniciar os procedimentos para a liberação dos créditos da Nota Fiscal Paulista para entidades assistenciais. Não será possível, portanto, transferir os créditos para uma conta pessoal.

notafiscal

notafiscal

No entanto ainda será possível usar os créditos para abater no valor do Imposto sobre Veiculos sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) de 2016. Essa operação pode ser realizada até 31 de outubro.

+ Confira as últimas notícias da cidade

A suspensão da opção para resgatar o dinheiro da Nota Fiscal gerou polêmica nas redes sociais. Em grupos no WhatsApp, por exemplo, circularam versões de que o montante seria confiscado. Os valores, segundo os relatos, seriam usados para gerar caixa, uma vez que o governo estadual estaria sem dinheiro.

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s