Congestionamentos para chegar ao litoral estão maiores

Reformas, manifestações e deslizamentos estão entre os fatores que pioraram a situação

Além do usual acúmulo de veículos nos feriadões, outros fatores têm contribuído para a formação de congestionamentos e tirado a paciência dos paulistanos que descem para o litoral nos fins de semana. A mais recente dor de cabeça começou no último dia 27, com o recapeamento da Rua do Adubo, no Guarujá, o único acesso à margem esquerda dos terminais do Porto de Santos, o que provoca grandes filas de caminhões na Rodovia Cônego Domênico Rangoni. A previsão é que a obra se encerre daqui a duas semanas. Abaixo, os maiores congestionamentos deste ano na região, no sentido litoral.

22/2, 84 quilômetros: deslizamento de barreiras e alagamentos em vários pontos;

28/5, 34 quilômetros: proibição da entrada de caminhões nos pátios do porto à noite;

20/6, 18 quilômetros: manifestações bloquearam as rodovias Anchieta e Imigrantes;

27/7, 10 quilômetros: recapeamento da Rua do Adubo, via de acesso ao porto.

+ Denúncias de bomba estão relacionadas aos caixas eletrônicos 

+ Confira quais são as maiores obras expostas no CCBB

+ Hotéis invadidos na cidade serão regularizados

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s