Ana Luiza Trajano pesquisa receitas em comunidade indígena do Acre

A chef do restaurante Brasil a Gosto está vivendo com a tribo iauanauá, a sete horas de barco de Rio Branco, no Acre

Chef e proprietária do restaurante Brasil a Gosto, Ana Luiza Trajano vive na estrada para pesquisar pérolas da culinária nacional. Há quase duas semanas, ela dorme em uma das casas de madeira da comunidade indígena iauanauá, no interior do Acre, a sete horas de barco da capital, Rio Branco. É um local sem luz elétrica, telefone fixo nem sinal de celular. “Fui convidada pelo arquiteto Marcelo Rosenbaum, que desenvolve um projeto por lá com luminárias artesanais”, contou, antes de partir para a jornada, que termina na quinta (31).

+ Saiba mais sobre o universo gastronômico no blog do Arnaldo Lorençato

“As receitas dos iauanauás por pouco não se perderam no contato com a civilização”, diz. “Estou interessada em pratos de milho e de mandioca e, em particular, no sapo preparado com banana.” Em tempo: ela não pretende servir o batráquio em seu restaurante.

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s