Cartas da edição 2455

› Perfil

Ao ler a reportagem “As aventuras do Chico Louco” (2 de dezembro), senti pena do senhor em questão. Francisco Longo não tem nada, só dinheiro.

Rosalina Fantauzzi

Muito me espanta terem publicado a história do Chico Louco. É um péssimo exemplo pela lábia, oportunismo e esperteza.

Carlo Briani

› Educação

Fui um dos poucos professores de matemática aprovados no concurso de 2010 (“Impasse na sala de aula”, 2 de dezembro). Desisti por causa das salas pichadas, das mesas e das cadeiras quebradas, da falta de respeito… Toda a ocupação atual causa muita estranheza considerando essa realidade. Outra hipótese é que temos apenas uma massa de manobra por doutrinação e execução de agenda política para 2016, o que dá dó.

Ubiratã Caldeira

› Cidade

Quem dirige todos os dias sabe que a indústria da multa é a que mais cresce no país (“Gancho ao volante”, 2 de dezembro). Não é por acaso que muitos chamam o prefeito de “Raddard”.

José Renato Nascimento

› Gastronomia

A revista presta mais um serviço ao alertar para a nova prática de alguns restaurantes (“Conta mais salgada”, 2 de dezembro). Sugiro que a Vejinha passe a divulgar essas taxas de serviço.

Nilson Correia

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s