O fenômeno da novela “Carrossel”

Folhetim infantil dobra a audiência do SBT e a emissora comemora a disparada no faturamento com publicidade e licenciamento

Por volta das 4 da tarde da última segunda-feira (27), a equipe da novela “Carrossel” preparava a câmera, ajeitava microfones e acertava a luz no estúdio 7 do Complexo Anhanguera do SBT, em Osasco. Do lado de fora do ambiente usado como a sala dos professores da Escola Mundial, onde se passa a maior parte da trama, as atrizes mirins Maisa Silva, de 10 anos, e Aysha Benelli, 9, aguardavam a deixa para entrar em cena. Foi quando notaram, debaixo da árvore falsa que enfeita o pátio do colégio, uma pilha de recém-lançados bonecos inspirados em personagens do folhetim. Inclusive os delas próprias. “Olha isso, tem a gente!”, apontava Aysha, filha da cantora Simony. “Nooossa…”, suspirava Maisa, a estrelinha do SBT. + Quer levar seu filho para conhecer a turma de “Carrossel’? Entretidas com os brinquedos, elas se desligaram por uns segundos e esqueceram que os demais profissionais estavam prontos do outro lado da porta, esperando pelas duas. Precisaram ser acordadas do transe momentâneo pelo colega Thomaz Costa, com quem dividiriam a tomada: “Ei, vocês, está na hora de entrar!”. Só aí saíram correndo para gravar. O episódio ilustra bem o nível de fascinação que o sucesso de “Carrossel” — refletido na audiência, na venda de publicidade e no lançamento de quase uma centena de produtos licenciados — vem causando nos corredores da emissora. O curioso é que o deslumbramento não se restringe às crianças: do elenco à diretoria, estão todos eufóricos com a nova e lucrativa “brincadeira” da casa. Mario Rodrigues Rosanne, no papel da atual professora, e (à esq.) a versão mexicana: o mesmo enredo Nada se cria, tudo se transforma O sucesso de “Carrossel” surpreendeu muitos profissionais de televisão até dentro do próprio SBT, mas não é inédito. Sua versão original, produzida pela Televisa, do México, no fim dos anos 80, foi apresentada pela emissora em duas ocasiões, ambas com sucesso parecido ou até superior. A primeira exibição, entre maio de 1991 e abril de 1992, teve média de 16 pontos de audiência; a segunda, entre julho de 1995 e fevereiro de 1996, ficou nos 12 pontos. A trama da atual produção nacional é quase idêntica à estrangeira. Não só os personagens são os mesmos como também diversos episódios seguem enredo similar. A atriz que interpretava a professora Helena, a mexicana Gabriela Rivero, visitou o Brasil em 1991 com status de estrela internacional, sendo recebida até pelo então presidente Fernando Collor. “Eu acompanhei a primeira versão, tinha por volta de 10 anos”, diz a atual dona do papel, a brasiliense Rosanne Mulholland, que ainda não conquistou fama semelhante. A roteirista da novela, Iris Abravanel, conta que vai apimentar a trama com uma professora substituta mais cruel que a original. A mulher de Silvio Santos faz suspense e promete inovar no final da novela, previsto para março. “O Silvio era resistente às mudanças, mas ganhei autonomia com os bons resultados.” SUCESSO DE VENDASA prova de que a criançada embarcou no Carrossel 150.000 álbuns e 3 milhões de figurinhas Lançado em 1º de agosto, o álbum teve sete reimpressões pela Panini, que trabalha nos fins de semana para suprir a demanda 200.000 tabletes de chocolate Em vinte dias, o produto lançado pela Cacau Show esgotou-se. Nos chocolates havia seis “bilhetes premiados”, que davam direito aos sortudos de conhecer o elenco e a fábrica 30.000 livros-diário Foram vendidos pela Editora Online 50.000 maletas com oito livros e um CD 120.000 CDs A Building Records prepara o lançamento do segundo CD para o Dia das Crianças (70.000 cópias já estão pré-vendidas) 500.000 bonecos Número de unidades enviadas às lojas por quatro fabricantes   PAIS, PREPAREM O BOLSOOs novos produtos que serão lançados ■ Cara a Cara, da Estrela: nas lojas em setembro, por R$ 69,90■ Caderno da Tilibra: capas com a vilã Maria Joaquina■ O uniforme da Escola Mundial, da Fantasias Sulamericana: R$ 89,90 o masculino e R$ 129,90 a versão para as meninas

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s