Personagens do Parque Santo Antônio: Caroline Ventura

A moça de 20 anos confessa que morar na região é simplesmente insuportável

Caroline Ventura toca viola em uma orquestra local, faz reportagens para uma revista de bairro e fala sobre as mazelas do Parque Santo Antônio sem perder o largo sorriso. Aos 20 anos, Carol acabou de dar à luz Felipe (a foto acima foi feita dois dias antes do parto). Ela já é mãe de Izabeli, de 3 anos. Planeja se casar em janeiro do ano que vem. O rapaz, um amigo de infância, não é pai de nenhum de seus dois filhos. “Ele foi meu primeiro amor”, derrete-se.

+ A cada seis dias, uma pessoa é morta no Parque Santo Antônio

A jovem vai levantar mais um andar em cima da laje da casa, que tem dois pavimentos, onde mora com a mãe. O local não tem computador, mas a menina troca mensagens com as amigas através de seu smartphone com acesso pré-pago à internet. “Só tenho perfil no Facebook”, conta. “Orkut é coisa de pobre.” O estigma de morar em uma região violenta abala a autoestima. “Sempre alguém quer saber como é viver em um local tão perigoso. A minha resposta sincera: é insuportável.”

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s