Campo de Marte: seis quadras de futebol ou parque com arena de shows?

O ex-jogador João Roberto Basílio, ídolo corintiano da década de 70, está em um meio-de-campo bem embolado. Ele é um dos organizadores das peladas que ocorrem nas seis quadras de futebol do Campo de Marte, na Zona Norte, e, há um mês, recebeu um fax pedindo para que o local fosse desocupado. “Construiremos um parque aberto à população e uma arena de shows”, diz Caio Luiz de Carvalho, presidente da São Paulo Turismo. “Serão bem mais úteis à sociedade do que esses campinhos.” Para Basílio – autor do histórico gol que deu um Campeonato Paulista ao Timão depois de 22 anos de espera, em 1977 –, a partida só acaba com o apito final do juiz. “Se for preciso, recorrerei à Justiça. Essas quadras servem como ponto de lazer gratuito, formam jogadores e são ferramentas assistenciais.”

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s