Cabine elevada da Polícia Militar deve entrar em operação em 2012

Movido a eletricidade, equipamento sobe a uma altura de 7 metros, possui ar-condicionado e comporta câmeras

Criada com o objetivo de melhorar a fiscalização de multidões em grandes eventos, uma cabine elevada foi testada pela Polícia Militar até o fim do ano passado (na foto, no GP Brasil de F-1, em Interlagos, em novembro). Movido a eletricidade, o equipamento sobe a uma altura de 7 metros, possui ar-condicionado e comporta câmeras. “Dentro dele, os policiais podem avistar ações suspeitas a até 70 metros de distância”, diz o capitão Samuel Robes Loureiro. Aprovada e devolvida ao fabricante para ajustes no começo do ano, a cabine pode entrar em operação em 2012.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s