Bebê morre na sala de espera de hospital da Zona Leste

Caso aconteceu na Assistência Médica Ambulatorial (AMA) do Hospital Ermelino Matarazzo, em Itaquera

A bebê Lívia Nascimento, de apenas 4 meses, morreu neste sábado (17) nos braços da mãe enquanto esperava atendimento na Assistência Médica Ambulatorial (AMA) do Hospital Ermelino Matarazzo, na Zona Leste.

A criança estava com falta de ar e havia passado pela triagem do local, mas os enfermeiros não diagnosticaram nada grave. Minutos depois, na fila para o atendimento médico, a garota desmaiou. Levada ao PS da instituição, não resistiu e morreu. Os médicos ainda tentaram ressuscitá-la durante mais de uma hora, mas de nada adiantou.

Procurada pela reportagem, a Secretaria Municipal de Saúde informou que ainda não se sabe o motivo da morte da bebê, mas que lamenta o ocorrido e que será aberta uma sindicância para apurar os fatos – veja nota abaixo. O corpo foi levado ao Sistema de Verificação de Óbitos (SVO).

“A Secretaria Municipal de Saúde lamenta o ocorrido e determinou uma sindicância para apuração imediata dos fatos. De acordo com o relato da direção da Assistência Médica Ambulatorial (AMA) Ermelino Matarazzo, a criança passou pela triagem e foi avaliada com baixa classificação de risco por conta dos sintomas descritos e por apresentar boa saturação. No decorrer do atendimento, o quadro foi agravado e quando foi constatada a parada respiratória, a criança foi encaminhada ao pronto-socorro do Hospital Municipal Professor Dr Alípio Corrêa Netto (Ermelino Matarazzo), onde as equipes prontamente iniciaram as manobras e medicação para reverter o quadro. Ainda de acordo com a AMA, os dois pediatras do plantão estavam em atendimento ambulatorial. A Secretaria reitera que todos os fatos serão apurados para que, caso constatadas falhas no atendimento, as medidas cabíveis sejam adotadas.”

Veja também
Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  1. Gleice Camila Santos

    É lamentável isso até quando está enfermagem negligente irá continuar matando nossas crianças sábado dia 10 minha neta de 7 meses tbm morreu na porta do centro cirúrgico por negligência da médica acho que deve abrir uma sindicância sobre este hospital meus pêsames a família Desa criança