Band of Horses: “Vamos voltar sempre que vocês quiserem nos receber”

Atração do Lollapalooza, banda retorna à cidade pouco mais de um mês depois

Em 5 de abril, durante o Lollapalooza, o Band of Horses fez sua primeira apresentação no Brasil. Na época, nem o álbum mais recente da banda — “Infinite Arms”, lançado em 2010 — havia chegado às prateleiras do país. “Estávamos preocupados se as pessoas conheciam nossas músicas”, conta o líder, Ben Bridwell. Apesar do receio em tocar por aqui, o grupo fez bonito e, pouco mais de um mês depois, retorna à cidade, desta vez para um show menor, nesta segunda (21), no Beco 203.


+ Tudo sobre o Lollapalooza

+ Calendário: os festivais que vão agitar 2012

+ Os shows do Cultura Inglesa Festival

“Por que não voltar agora? Foi o nosso show favorito da turnê”, afirma Bridwell. “Já tínhamos ouvido que o público era um dos melhores do mundo, mas foi realmente impressionante”, completa. A apresentação no Beco, no entanto, será um pouco diferente da que os fãs puderam ver no Lollapalooza. “Quando participamos de festivais, é difícil tocar músicas mais lentas. Esse será um show com mais pontos altos e baixos”, explica o vocalista.

Formado também por Creighton Barrett (bateria), Tyler Ramsey (guitarra) e Bill Reynolds (baixo), o grupo tem uma sonoridade que mistura rock, folk e country. Suas músicas podem não ser tão famosas nas rádios, mas costumam fazer parte da trilha de comerciais e filmes, como “A Saga Crepúsculo: Eclipse”, que contou com “Life on Earth”.

Artistas como Cee Lo Green também já regravaram canções do Band of Horses. Ele fez sua própria versão de “No One’s Gonne Love You”, que faz parte do álbum “Cease to Begin” (2007). No show, será possível ouvir essa e outras faixas dos três discos lançados até agora, como “Laredo” e o primeiro single do grupo, “The Funeral”, de 2006.

Canções inéditas também podem entrar no repertório, já que eles saíram do estúdio com um novo álbum pronto há cerca de duas semanas. “Ainda não conseguimos ensaiar nenhuma das inéditas, mas quem sabe, se sobrar algum tempo antes do show?” O multiinstrumentista, aliás, não terá com o que se preocupar desta vez, já que “Infinite Arms” foi finalmente lançado no Brasil e a tendência é que mais pessoas saibam cantar suas músicas.

“Estou animado mesmo para tocar em um clube pequeno”, conta. “Estou feliz de voltar tão rápido e vamos voltar sempre que vocês quiserem nos receber”, promete, já planejando uma visita assim que o novo disco sair. “Espero que desta vez ele seja lançado no Brasil mais cedo.”

Confira o clipe de “Dilly”, single mais recente do Band of Horses:

 

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s