Ativistas resgatam chinchilas que seriam usados para criação de casacos

Grupo invadiu criadouro em Itapecerica da Serra para libertar os animais

Ativistas do grupo Frente de Libertação Animal invadiram no último domingo (19) um criadouro em Itapecerica da Serra, na Grande São Paulo, e resgataram cerca de 100 chinchilas. A pele dos bichos, segundo a organização que luta pelos direitos dos animais, seria usada para a produção de casacos.

+ Lojas de Corinthians e Palmeiras produzem faixas contra a violência

Na página do Facebook, o grupo afirmou que a maioria dos chinchilas estava sofrendo por causa do calor e estavam machucados em função de uma argola pesada presa ao pescoço.

+ Evaristo Costa está fora da cobertura do segundo turno das eleições

Após receber informações sobre maus-tratos, a entidade se mobilizou para a ação. No Facebook, eles registraram o seguinte post: “Fomos averiguar com nossos olhos e, chegando lá, decidimos que só sairíamos após a libertação dos chinchilas”. Segundo o grupo, o local “parecia um inferno”. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

De acordo com os integrantes, os animais receberam os cuidados nescessários e passam bem. Além de invadir o local, frases contra a exploração dos animais foram pichadas no muro do estabelecimento.

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s