Dez crônicas de Walcyr que deram o que falar

Escritor e novelista escreve nesta semana seu último texto em VEJA SÃO PAULO

Tudo começou em 1992, quando Walcyr Carrasco entrou para o time de cronistas de VEJA SÃO PAULO. Desde então, foram vários e vários textos sobre seu cotidiano e o da cidade.

Nesta semana, o escritor e novelista escreve a sua última crônica na revista. Confira abaixo as suas histórias mais comentadas e o seu primeiro texto, “A vez do pavão”, publicado em 15 de abril de 1992.

+ Leia aqui a última crônica de Walcyr na revista

1/11
Ele é a versão masculina da perua ( / A vez do pavão)
7/11
Os vendedores que não nos deixam escolher e comprar em paz ( / Caça aos clientes)
8/11
O generoso e divertido companheiro de crônicas ( / Meu amigo Marcos)
9/11
Confissões de um visitante insensível ( / Banal Bienal)
Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s