Suplementos alimentares têm venda proibida pela Anvisa

De acordo com o decreto publicado nesta terça (12), o veto ocorreu porque a empresa não possui alvará sanitário

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) vetou a comercialização de dois produtos da marca brasileira Timol, especializada em suplementos alimentares e artigos magnéticos. A decisão foi publicada no Diário Oficial da União desta terça (12).

+ Últimas notícias: fique por dentro do que acontece na cidade

Ficam proibidas as vendas e publicidade de todos os lotes do ‘Kit Saúde’ – uma espécie de suplemento polivitamínico e mineral – e do ‘Kit Boa Forma’ – composto por óleo de coco, chia, colágeno e vitamina C em cápsulas. Além disso, o magnetizador de água da marca Sylocimol e o mineralizador de água da marca TOP H+, ligadas à companhia, não podem mais ser anunciados em nenhum veículo de comunicação.

De acordo com o decreto, o veto ocorreu porque a empresa não possui alvará sanitário. A Timol vende e distribui alimentos e equipamentos que contêm indicações medicamentosas não autorizadas pela agência.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s