Academia Competition se chamava Instituto Hércules

Em 1948, um salão da Rua Frei Caneca virou o ponto de encontro deste grupo de fisiculturistas e halterofilistas. Isso numa época em que não se costumava usar anabolizantes para esculpir o corpo. De propriedade de um deles, Renato Pace (em destaque), o Instituto Hércules se tornou um espaço para musculação e exercícios aeróbicos que dizia seguir o método da Força Aérea Canadense. “Aquela foi a primeira academia da cidade”, orgulha-se Marco Pace, filho do fundador. Ele assumiu o negócio 25 anos atrás, transferindo-o para Higienópolis com o nome de Competition. “Só nos anos 80, com a chegada da ginástica aeróbica com música, como nos Estados Unidos, as academias se abriram para as mulheres e ganharam o formato atual.”

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s