A história do boneco Mug, o amuleto de Simonal

Um curioso boneco de pano aparece no documentário Simonal – Ninguém Sabe o Duro que Dei, em cartaz nos cinemas. Batizado de Mug, o bichinho, uma brincadeira criada por um grupo de amigos, ganhou aura de amuleto nas mãos de cantores como Wilson Simonal (1939-2000) e Chico Buarque. “Foi uma febre, mas durou pouco: só uns quatro ou cinco meses de 1966”, diz um dos idealizadores, Horácio Berlinck Neto, à época produtor do programa de TV O Fino da Bossa. “Faltou estrutura mercadológica, não ganhamos um tostão com aquilo.” Entre as peripécias atribuídas ao Mug estariam a autoria do texto de contracapa do LP Vou Deixar Cair… (1966), de Simonal (foto), e a inspiração para a composição de A Banda, o primeiro grande sucesso de Chico. No ar desde maio, o blog bonecomug.blogspot.com, lançado pelo empresário João Leão Filho, pretende resgatar essas e outras histórias em torno do boneco. Filho do produtor musical João Evangelista Leão (1939-1997), outro dos pais do Mug, o blogueiro tem até hoje o seu boneco. “Não o vendo por dinheiro nenhum”, diz.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s