71% acreditam que ação na Cracolândia vai reduzir uso do crack

Segundo pesquisa do Datafolha, feita na última quinta (1), maioria também acredita que é possível abandonar o vício com "força de vontade"

Uma pesquisa do Datafolha revelou que 71% dos paulistanos acreditam que a ação na Cracolândia, ocorrida há duas semanas, pode fazer com que os usuários diminuam o uso do crack, ainda que não busquem ajuda. O percentual dos que creem nessa possibilidade é maior que o registrado no último levantamento sobre o tema, feito em 2012, quando também houve uma operação no local. Naquela época, 60% disseram acreditar na diminuição do consumo da droga.

O questionário foi feito na quinta-feira (1). Foram ouvidos 1 125 moradores da capital paulista, para os quais foi apresentada uma série de frases com o objetivo de avaliar o grau de concordância.

44% concordaram totalmente ou em parte com a afirmação: “pessoas boas não se envolvem com drogas como o crack”, e 55% discordaram.

Outros 74% creem que, para abandonar o vício, é preciso mais de “força de vontade” que de tratamento médico. A margem de erro é de três pontos percentuais, para mais ou para menos.

Após a operação policial que desfez a feira de drogas da Cracolândia no centro, o  grupo de usuários e traficantes se dispersou e tem se concentrado na Praça Princesa Isabel, a poucos quilômetros de distância.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s