15 coisas bacanas para fazer em São Paulo no calor

É possível curtir o verão na cidade! Aqui, 15 dicas

NOITE

1. Cair na balada sem se sentir um assado no forno. Em se tratando de dias quentes, uma das melhores baladas para ir em São Paulo é a Neu!, na Água Branca. Nada de porões abafados e ambientes fechados. Em forma de uma simpática casa com ar-condicionado na pista, aqueles que não estão afim de dançar podem ficar no amplo quintal dos fundos, ao ar livre. Mensalmente acontece a “Soda Popinski”, festa que oferece o que há de mais novo, fresco e fino na música internacional.

Soda Popinski na Neu!. R. Germaine Burchard, 421, Água Branca. Entrada: R$10.

Mais informações

.

2.  Conhecer o samba paulistano Ok, nem sempre é possível fugir do calor. Já que é assim, que seja no ritmo mais apropriado! No tradicional bairro do Bom Retiro, o “Anhangüera dá Samba” é uma roda de samba de verdade – informal e sem frescura. Toda última sexta-feira do mês, um convidado especial dá o tom. Anhangüera Dá Samba, Clube Anhangüera: Rua dos Italianos, nº 1.261, Bom Retiro. Telefone: 3361-1799. A partir das 23 h. Ingressos: R$ 10,00 e 1 Kg de alimento não perecível ou agasalho.

ESPORTES

3. Aprender a patinar no gelo. No shopping Eldorado existe uma pista de patinação no gelo, no segundo subsolo. Programa bom para a família, eles oferecem aula e crianças menores de 5 anos pode acompanhar em um trenózinho puxado por um patinador (R$10). Pista de Patinação Ice Star. Shopping Eldorado, 2º subsolo, tel: 2197 6060 e 8944 8044. Valor: 30 min, R$25; oferece aulas para iniciantes.  Funcionamento: domingo à quinta das 12h às 22h; Sexta a Sábado das 12h às 23h

4. Encarar um rafting no rio Juquiá. Além de se molhar o suficiente, você consegue um pouco de adrenalina do lado de São Paulo. Em Juquitiba, a 70km da capital, a Canoar além de dar aulas de canoagem e rafting também oferece pacotes especiais para grupos e empresas. Se você quer levar a molecada, crianças a partir de 7 anos já podem participar. Canoar Rafting & Expedições: Estrada dos Carmos, 2.000 , Juquitiba, 2856-5777. Ingresso: R$ 20 (acesso ao sítio), R$ 20 (tirolesa), R$ 55 (arvorismo) e R$ 80 (descida)

5. Visitar o Parque do Jaraguá e ir até o alto da torre. Mesmo no dia mais tórrido na cidade, se você topar o desafio de subir até a torre do parque, vai sentir uma brisa mais fresca. Lá no alto, depois dos 242 degraus que te levam a uma altura de mais de mil metros. Na área do Pico do Jaraguá, além dos mirantes, há infraestrutura com lanchonetes e sanitários. R. Antonio Cardoso Nogueira, 539, Vila Chica Luisa, tel.: 3941-2162.

6.  Praticar ski. A neve não é de verdade, mas no Ski Mountain Park em São Roque (a 54km da capital, com acesso pelas Rodovias Castello Branco e Raposo Tavares), você pode praticar em uma pista sintética de ski – não se preocupe, eles também oferecem aulas. O parque está a 1.200m acima do nível do mar e oferece também prática de arborismo, arco e flecha, paintball, teleférico, entre outros.

 

ski_moutain_park_pista

ski_moutain_park_pista

Ski Moutain Park.  Pista de Esqui / Snowboard, R$ 20,00 (30 min. – inclui equipamentos). Tel.: (11) 4712 3299

LAZER E DIVERSÃO

7. No Parque Villa Lobos tem ioga no parque é de graça e ao ar livre, todo domingo, às 10h, em frente o Espaço Vida. Se você é da turma que leva os cães pra passear, lá também existe treinamento no agility (provas para cachorro), todo sábado das 14h30 às 16h30, fica perto do anfiteatro. Tels. (11) 3023-0316 e 3023-2229

8. Passar o dia em um hotel de luxo da cidade (day use), utilizando piscina, sauna, fazendo massagens…. ficou com vontade? Leia mais aqui.

9. Visitar o Aquário de São Paulo. Dizem que olhar para os peixes acalma, e no caso, estar cercado de peixes em grandes tanques de água pode ser boa idéia, ainda mais se estiver com as crianças. O Aquário tem cerca de 400 espécies de animais e, como se não bastasse, também possui réplicas mecanizadas de dinossauros. Neste mês ganha um novo morador, um peixe-boi.

Zoológico de são Paulo

Zoológico de são Paulo

 R. Huet Bacelar, 407, Ipiranga, 2273-5500. Funcionamento: 9h/18h (seg. a dom.). R$ 15,00 (seg.), R$ 20,00 e R$ 60,00 (visita noturna, que inclui jantar). Grátis para crianças de até 2 anos. Estac. c/ manobr. (R$ 12,00).

10. Digitar 241543903 no Google. É sério – foi uma ideia do artista norte-americano David Horvitz. Quando uma amiga se sentiu triste, ele sugeriu que ela deitasse na neve. “Como nem sempre temos neve, sugeri que ela colocasse a cabeça no freezer”. Milhares de pessoas tem se fotografado com a cabeça no congelador e identificando suas fotos com o número 241543903, um “código” que Horvitz anotou de uma embalagem de bolinhos chineses do seu… freezer.

11. Passeios noturnos no Zoológico de São Paulo. O Jardim Zoológico de São Paulo possui o disputado passeio com turmas de 60 a 80 pessoas para dezembro já fechadas, mas no ano que vem a visitas recomeçam. Vale a pena para avistar animais que têm hábitos noturnos e que sempre estão escondidos na hora do sol – forte – do verão, sem falar nas corujas morcegos e gambás que passeiam pelo parque. O monitoramento também pode ser feito em inglês. R$ 75,00 por pessoa (inclui estacionamento e lanche no final do passeio), crianças de 5 a 10 anos pagam R$ 55,00. Tel. 5073-0811, ramais 2119 ou 2141.

12. Dar uma volta de bicicleta até lugares onde você jamais pensou que conseguiria chegar pedalando. Como? Aproveite que é possível levar sua bicicleta pelo metrô. O acesso é permitido aos sábados, das 15 às 20h, e aos domingos e feriados, das 7 às 20h, com embarque sempre no último carro dos trens. Experimente pedalar no Parque das Bicicletas, Al. Iraé, 35 ,Indianópolis, tel.: 3396-6433.

GASTRONOMIA

13. Fazer um hapy hour curtindo ostras frescas e espumante em uma das belas mesas do pátio externo do O Pote do Rei. Inaugurado este ano, o restaurante conta com menu do chef William Ribeiro.

O Pote do Rei

O Pote do Rei

 O Pote do Rei: Rua Joaquim Antunes, 224, tel.: 3068.9888 e 3081.9200

14.  Experimentar o Sprizz na varanda do Zena Caffè. Moda na Itália, esse drinque é feito com Aperol (uma espécie de Campari alaranjado), club soda, prosecco, laranja e um bocado de gelo. Doce-amargo e refrescante (R$18,00). Zena Caffè: Rua Peixoto Gomide 1901, Jardins, tel:3081 2158

Sprizz_Zena

Sprizz_Zena

 

15. Taperebá, umbu, mutamba, murici, araticum, araça, guapeva, mamacadela, curriola, cagaita… não, isso não é uma letra de axé. São os sabores exóticos e refrescantes da sorveteria Frutos do Cerrado. A marca de Goiânia, que recentemente abriu loja em São Paulo, tem mais de 60 sabores de picolé de frutas com nomes estranhos até para os brasileiros. Frutos do Cerrado: R. dos Pinheiros, 320, Pinheiros, tel.: 5084-8014. Picolés a R$3,00 e potinhos a R$5,00.

frutos do cerado

frutos do cerado

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s