Publicidade

Postado em 28/01/2010 por VEJASP | Comentários

Brasil Anos 80: Cinema e Vídeo

A década de 80 foi considerada por muitos como “década perdida” e pouco se sabe sobre a produção audiovisual brasileira da época. O Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), com a mostra Brasil Anos 80: Brasil e Vídeo, promete recuperar um pouco da nossa história recente e da produção de jovens que revolucionaram o cinema, o vídeo e a televisão brasileiros neste período.

Esta é a primeira mostra do CCBB São Paulo depois da reforma do cinema. Serão exibidas 60 produções – 15 longas-metragens, 15 curta-metragens e 30 vídeos – de autores como Fernando Meirelles, Jorge Duran e Beto Brant, entre outros. Além disso, a mostra promoverá dois debates com os curadores e convidados, como Marcelo Tas e Marcelo Machado, e lançará um catálogo dedicado ao registro e revisão das obras selecionadas pela curadoria.

Feliz Ano Velho. Imagem: Divulgação


Um dos longas da mostra é Feliz Ano Velho (1988), de Roberto Gervitz, baseado em livro homônimo de Marcelo Rubens Paiva e que conta a história e o drama do autor, que se tornou tetraplégico após acidente. Venceu 7 prêmios no Festival de Gramado.

Ilha das Flores. Foto por Carlos Gerbase


Ilha das Flores (1989), de Jorge Furtado, é um dos curtas de destaque na mostra e narra a trajetória de um tomate, desde sua plantação até seu descarte e assim traça um paralelo com as desigualdades sociais e a máquina capitalista.

Confira a lista completa de filmes da mostra

Brasil Anos 80: Cinema e Vídeo
De 19 de fevereiro a 07 de março
Local: Cinema do CCBB (70 lugares)
Entrada Franca – retirar senha a partir das 10h do dia do evento

Comentar sobre "Brasil Anos 80: Cinema e Vídeo"





Publicidade

Publicidade

Publicidade