Gravação de Temer rende duas gafes memoráveis no ‘JN’

A notícia de que Joesley Batista, dono da JBS, gravou o presidente dando aval para pagamento de propina a Cunha na prisão foi o grande assunto da edição

O Jornal Nacional desta quarta (17) foi marcado por duas gafes que chamaram a atenção nas redes sociais. A notícia de que Joesley Batista, dono da JBS,  gravou Michel Temer dando aval para que ele continuasse pagando propina a Eduardo Cunha na prisão foi o grande assunto da edição.

Veja também

Segundo informações de Lauro Jardim, do jornal O Globo, Temer teria incentivado o dono da JBS, maior empresa de proteína animal do país, a comprar o silêncio de Eduardo Cunha. Logo no começo, Bonner se referiu a Temer como ‘ex-presidente’ ao noticiar a informação.

Em outro momento, a aparição de Zileide Silva em Brasília foi ‘invadida’ por uma mulher que segurava uma placa escrito ‘Eu votei na Dilma’ e ficou atrás dela durante toda a gravação.

Deixe seu comentário e aproveite para curtir nossa página no Facebook.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  1. Pior que votar na Dilma é tornar isso público em horário nobre…kkkk.
    Bem a carinha de militante anencéfalo petista kkkkk

  2. O que é pior, votar na Dilma ou tirar la pra deixar Temer com suas reformas no seu lugar?