25 comerciais antigos que marcaram época

Relembre grandes peças da publicidade nacional

Tantas são as campanhas memoráveis na publicidade brasileira que fica difícil enumerar somente algumas nessa lista. Premiados diversas vezes em festivais pelo mundo afora, os comerciais nacionais já estiveram entre os melhores do mundo, condição que foi aos poucos se perdendo. Hoje em dia, são em número ínfimo as propagandas inteligentes, bem escritas, ou que ficam marcadas na nossa memória. Nossa publicidade atual está relegada a filmes de varejo em sua maioria, deixando pouco espaço para a criatividade das agências.

Na lista abaixo estão 25 exemplos dos últimos 55 anos de publicidade que são lembrados até hoje.
A primeira parte traz os comerciais com jingles que nós simplesmente não conseguimos esquecer. Mesmo  vídeos muito antigos, como o das Casas Pernambucanas, que é de 1962, ainda são lembrados. Repare que os comerciais mais antigos eram todos feitos em animação, um recurso comum nos anos 60, que, associados a uma música bem elaborada, vendiam muito bem seus produtos. Destaque neste bloco para o comercial de Natal do Banco Nacional, cuja música acabou se tornando símbolo das festas de fim de ano.

1.    Cera Dominó


2.    Casas Pernambucanas


3.    Café Seleto


4.    Cobertores Parahyba


5.    Varig


6.    DD Drin


7.    Natal Banco Nacional


8.    Groselha Vitaminada Milani


9.    Duchas Corona


10.    Bala de Leite Kids


11.    Pipoca e Guaraná Antárctica

 

Outra forma de cativar o consumidor é pela emoção. Grandes exemplos são o histórico comercial da Valisere, em que uma adolescente ganha seu primeiro sutiã, ou da Johnson & Johnson, cujo filme passa com fidelidade ao espectador toda a emoção de quem acabou de ser mãe. No quesito emoção também dá pra encaixar o comercial dos filhotes Parmalat, que conquistaram o Brasil por sua fofura.

12.    Valisere Primeiro sutiã


13.    Johnson & Johnson – A Linguagem do Amor


14.    Telesp – Morte do orelhão


15.    Fundação Roberto Marinho – Menino-Macaco


16.    Folha de S. Paulo – Hitler


17.    Bichinhos Parmalat

 

A última parte traz aqueles comerciais que, por um motivo ou outro, sempre vêm à nossa mente quanto pensamos em comerciais antigos. A camisa USTop do Fernandinho, o Tio Sukita, o cavalo de pau ao estacionar da Parati Volkswagen, a campanha do biscoito Tostines que tá sempre fresquinho…  Peças publicitárias que não têm um apelo específico, mas deram certo e venderam bem seus produtos.

18.    USTop Fernandinho


19.    Tio Sukita


20.    Volkswagen Linha 89 – Parati cavalo de pau


21.    Shampoo Colorama


22.    Danoninho Phantom F-5


23.    Não esqueça da minha Caloi


24.    Cotonetes Homenzinho Azul


25.    Tostines sempre fresquinho

 

Nessa lista não estão incluídos alguns clássicos, como os comerciais da Bom Bril, que já mencionei aqui. E também os da Brahma, Tartaruga e Siris, que foram abordados nesse texto.

 

Veja também
Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s