15 artistas brasileiros que cantavam em inglês nos anos 70

Jogada para emplacar nas rádios e na trilha internacional das novelas da Globo rende frutos até hoje

Nos anos 70, discos com trilhas de novelas eram um enorme sucesso. As novelas da Globo já despontavam na audiência e sempre tinham dois discos: um com a trilha nacional, outro com a trilha internacional. Outras emissoras geralmente lançavam um disco só, mesclando músicas brasileiras e estrangeiras.

Era uma grande oportunidade para novos artistas entrarem nestes discos, porque era meio caminho andado para o sucesso. Mas o mercado nacional sempre foi muito disputado, e grandes artistas da MPB surgiram naquela época, boa parte deles, graças às suas músicas terem sido incluídas nas novelas.

Foi aí que alguém teve uma brilhante ideia: que tal lançar novos artistas nacionais cantando em inglês? Assim, teriam uma maior chance de serem escalados para as trilhas de novelas, além de poderem ser lançados também no mercado internacional. Até as rádios da época davam preferência a músicas estrangeiras, então era a solução perfeita!

Veja também

Foi uma boa jogada! Diversos artistas alcançaram o estrelato e muitos deles vivem daqueles sucessos até hoje, fazendo pequenos shows. Na época, pouca gente sabia que eles eram brasileiros, a até hoje tem gente que duvida de alguns! E muitos deles não faziam ideia do que estavam dizendo quando cantavam! Outros, até faziam, mas tinham uma pronúncia tão ruim, que os mais atentos chegavam a desconfiar da nacionalidade do artista.

Veja aqui alguns deles, numa parada de sucessos que vai fazer arrancar lágrimas dos saudosistas:

15) Don Elliot

Este não é ninguém menos que Ralf, o irmão do Chrystian, da dupla sertaneja que ganhou o Brasil nos anos 80. Ambos começaram nos anos 70 cantando em inglês.

 

14) Steve McLean

Hélio Eduardo da Costa Manso se lançou com o pseudônimo de Steve McLean  e estourou em todo o Brasil com a música True Love, tema da novela global O Grito (1975), emplacando outro sucesso logo em seguida, Sweet Sounds Oh Beautiful Music, da novela Locomotivas (1977).

 

13) Sunday

Antes da carreira solo, Steve McLean era vocalista desta banda, que já fazia sucesso em 1970 com o tema da novela Super Plá da Tupi.

 

12) Manchester

Grupo carioca composto por Altanir Freitas, Amaury Freitas, Zilma Valle e Paulo Chagas. A música My Dear foi o primeiro sucesso do grupo, e integrou a trilha de Duas Vidas (1976)

 

11) Richard Young

Quem adorava a música Rainy Day, tema do personagem de Dênis Carvalho na novela Locomotivas (1977), não imaginava que seu intérprete é o Ricardo Feghalli, que até hoje faz shows pelo Brasil com seu atual grupo, o Roupa Nova!

 

10) Pholhas

A banda paulista surgiu no final dos anos 60, e emplacou diversos sucessos na década seguinte, sendo o maior deles, My Mistake, que todo mundo dançava de rosto colado nos bailinhos de garagem — sem saber que a música contava a história de um assassinato passional, do ponto do vista do assassino, que estava preso. Mesmo quem falava inglês não entendia nada, porque a pronúncia dos meninos não era das melhores!

 

9) Lee Jackson

Por esta banda paulista formada no início dos anos 70 passaram diversos nomes  que se tornaram, nos dias de hoje, executivos de grandes gravadoras.  O grupo teve sua importância no cenário da MPB, mas seu maior sucesso foi gravado em inglês. A animada Hey Girl

 

8) Paul Denver

Carlos Alberto de Souza é o nome real do cantor de Rain and Memories, considerada uma das mais belas músicas dessa safra de brasileiros cantando em inglês

 

7) Light Reflections

Eis aqui um exemplo que deu muito certo no mercado externo, tanto quanto aqui no Brasil. O Light Reflections vendeu mais de um milhão de discos com Tell Me Once Again, e fez shows por toda a América Latina. Tudo isso, muito antes de Ney Matogrosso fazer a sua versão da música, intitulada Telma, eu Não sou Gay!

 

6) Pete Dunaway

O paulista Otávio Augusto Fernandes Cardoso já foi diretor musical das gravadoras Som Livre e RGE, mas nos anos 70 era a voz suave por trás de clássicos como I´ll Be Fine e Believe Me Darling.

 

5) Dave MacLean

José Carlos González começou a se interessar por música aos 5 anos de idade, mas foi somente nos anos 70 que ele alcançou o sucesso cantando em inglês, primeiro com sua banda The Buttons, depois em carreira solo como Dave Maclean. Seu primeiro grande hit foi Me and You, da novela Os Ossos do Barão (1973).

 

4) Chrystian

O goiano José Pereira da Silva Neto não podia aparecer na televisão, nem na capa do seu próprio disco para que não descobrissem que o ídolo Chrystian era, na verdade, brasileiro. Sua música de estreia, Don’t Say Goodbye, foi tema de Tarcísio Meira e Glória Menezes na novela global Cavalo de Aço (1973), e ficou 19 semanas em primeiro lugar nas paradas. Depois que o modismo imposto pelas gravadoras passou, Chrystian se juntou com o irmão Ralf, e voltaram às suas raízes, como uma dupla sertaneja.

3) Mark Davis

Nos tempos em que apresentava um programa de rock com Silvio Brito na TV Tupi, Fábio Júnior também gravava em inglês sob o pseudônimo de Mark Davis. Don’t Let Me Cry, da novela A Barba Azul (1974) da própria Tupi, foi seu maior sucesso nessa época.

 

2) Tony Stevens

Jessé foi revelado ao grande público em 1980, no Festival MPB Shell, com a música Porto Solidão, sucesso nos karaokês até hoje. Mas, antes disso, cantou pequenas obras primas em inglês sob o pseudônimo de Tony Stevens, entre elas If You Could Remember e Flying High.

 

1)      Morris Albert

Maurício Alberto Kaisermann é certamente o mais bem sucedido entre todos os artistas brasileiros que se propuseram a gravar em inglês nos anos 70. Suas músicas foram sucesso em mais de 50 países, e versões de Feelings foram gravadas por Julio Iglesias, Barbara Streisand, Shirley Bassey, Andy Williams, Ella Fitzgerald, Nina Simone, Richard Clayderman e até pela banda The Offspring, numa versão punk. Até Lindsay Wagner, num episódio de A Mulher Biônica (1976), cantou esta música!

 

Menção Honrosa: Michael Sullivan

Ivanilton de Souza Lima era vocalista da banda Renato e Seus Blue Caps quando compôs uma linda balada em inglês, chamada My Life. A gravadora Top Tape só permitiu que ele gravasse a música se usasse um pseudônimo em inglês. Ele abriu a lista telefônica de Nova York e escolheu um nome qualquer: Michael Sullivan! A canção foi um dos maiores sucessos da trilha da novela O Casarão, de 1976.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s