Em visita ao Mackenzie, Bolsonaro é hostilizado por estudantes

Parlamentar participou de um encontro no MackGraphe, centro de pesquisas em nanotecnologia da instituição

O deputado Jair Bolsonaro (PSC) foi alvo de protestos ao visitar o campus do Mackenzie na tarde desta quarta-feira (8). Ele participou de um encontro no MackGraphe, centro de pesquisas em nanotecnologia da instituição.

Veja também

Assim que soube da notícia, um grupo de estudantes organizou um protesto contra o parlamentar. “Achei estranho o convidarem justo no Dia Internacional da Mulher”, disse a estudante Lara Karoline, de 18 anos. “Queríamos saber o que ele estava fazendo aqui, e o assessor respondeu: ‘Pergunta ao reitor'”, completou ela. O grupo aguardou a saída de Bolsonaro e o acompanhou até o portão sob gritos de ‘machista, fascista!’.

Houve também pedidos de selfies com alguns admiradores.

Há duas semanas, foram encontradas pichações discriminatórias contra gays e mulheres nos banheiros da instituição. Um das inscrições fazia referência ao parlamentar.

Em nota, o Mackenzie afirmou que seu centro de pesquisas “está aberto à visitação de autoridades e pesquisadores interessados nos novos desenvolvimentos tecnológicos.”

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  1. Moroni Lemes

    O mundo segue girando enquanto feministas piram suas cabecinhas histéricas. Primeiro os fatos, depois as impressões, por favor 🙂

  2. Jordi Rodrigues

    Interessante né Veja. Já que você postou essa informação de Bolsonaro por que não posta quando ele é recebido por milhares de pessoas nos aeroportos ? Mídia esquerdista é assim mesmo

  3. Hendrick Lonck

    Causa-me estranheza um estudante que faz protesto em nome da democracia querer cercear o direito de alguém em estar nesse ou naquele lugar. Democracia de conveniência é semelhante ao socialismo chinês. Essa é a geração que vai tocar o Brasil. O Brasil vai “longe”…