Toulouse-Lautrec em Vermelho

VejaSP
starsstarsstarsstarsstars

Resenha por Julia Flamingo

Quando Henri de Toulouse-Lautrec (1864-1901) pintou Moulin de la Galette, tinha 25 anos e frequentava os cabarés franceses havia cerca de cinco. Ao representar uma mesa pela metade, o artista pretendia colocar o espectador como um dos participantes da cena. Prostitutas entediadas e um cliente (ou cafetão) viam passar figuras dançantes em uma das populares casas do bairro de Montmartre. Emprestado do Art Institute of Chicago, o quadro integra a coleção de 75 pinturas e gravuras que compõem a mostra Toulouse-Lautrec em Vermelho, a maior em sua homenagem por aqui, no Masp (nove peças são do acervo do museu). Cronista da vida noturna da cidade das luzes durante a belle époque, Toulouse-Lautrec retratava tipos marginais com técnicas de pintura que sugerem movimento. Afinal, ele viveu o êxtase do nascimento do cinema. Comissionado para criar pôsteres de cabarés como o Moulin Rouge — também presentes na atração —, o francês foi um dos primeiros a elevar a propaganda ao status de arte. Com o dinheiro ganho, podia ainda bancar seus vícios boêmios. O mergulho no mundo promíscuo e atraente do pintor também se deve ao conjunto de cinquenta cartas escritas por ele e seus conhecidos. “Peço-lhe que me mande uma mesada fixa (fixa, insisto)”, apela o artista em uma das correspondências endereçadas à mãe. Vítima de uma doença congênita que impedia seu crescimento (tinha apenas 1,54 metro de altura), morreu aos 36 anos, em razão da sífilis e do alcoolismo. Até 1º/10/2017.

Locais e horários

    date_range Até 01 de outubro

  • Masp

    Mais informações arrow_drop_down

    Avenida Paulista, 1578 - Bela Vista - São Paulo - SP, 01310200

    (11) 31495959

    VejaSP
    starsstarsstarsstarsstars
    + sobre o local

    Segunda a domingo, 10h às 18h; quinta, 10h às 20h.

    Preços: R$ 30,00. Às terças: Grátis.

    Mais informações arrow_drop_up
Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s