publicidade

Resenha por Tiago Faria

Depois do assustador A Morte do Demônio, ainda em cartaz, mais um terror cult ganha uma homenagem. Tobe Hooper, diretor da fita de 1974, está entre os produtores executivos desta continuação, talvez ainda mais sangrenta do que o original. Algumas das cenas mais conhecidas daquela produção, aliás, são relembradas nos créditos iniciais. A trama, em seguida, salta aos dias de hoje e acompanha a bad trip de uma jovem órfã (interpretada por Alexandra Daddario). Ao lado do namorado e de dois amigos, ela põe o pé na estrada e viaja ao Texas para tomar posse de uma herança infernal: uma casa onde, no porão, está preso o assassino Leatherface (Dan Yeager). Tudo pretexto, claro, para mais uma rodada de cenas grotescas, narradas sem a atmosfera angustiante do filme de Hooper, mas com uma boa surpresinha na parte final. Estreou em 17/5/2013.

publicidade