Guardiões da Galáxia Vol. 2

Tipos de Gêneros dramáticos: Ação, Aventura
VejaSP
starsstarsstarsstarsstars

Resenha por Miguel Barbieri Jr.

Em time que ganhou, não se mexeu. Depois do sucesso de bilheteria, três anos atrás, de Guardiões da Galáxia, o mesmo diretor, James Gunn, retoma os personagens da Marvel numa história menos complexa, porém para iniciados, em Guardiões da Galáxia Vol. 2. Quem se envolveu com o primeiro longa-metragem pode se atirar nesta continuação. Para os que torceram o nariz, vale o aviso: passe longe. Desta vez, Gunn exagera em tudo: nas atuações estridentes, nas barulhentas cenas de explosão, na trilha sonora original grandiloquente. A trama ficou simples e, por isso mesmo, mais rasa. O mote principal aqui é o encontro de Peter Quill (Chris Pratt) com seu pai, até então de identidade ignorada. Trata-se de Ego (Kurt Russell), ele próprio um planeta que leva seu nome — sim, estamos, totalmente, no terreno da fantasia. Outros conflitos parecem menores, como a rivalidade entre as irmãs Gamora (Zoe Saldana) e Nebulosa (Karen Gillan) e o ressurgimento de Yondu (Michael Rooker), o mercenário que criou Quill. A pergunta que só vai calar na interminável meia hora final é: quem seria o verdadeiro vilão desta história? Na embalagem técnica, encontram-se desenho de produção medonho, direção de arte de gosto duvidoso e efeitos visuais superlativos (no mau sentido). Resumo da ópera pop: uma poluição visual e sonora por vezes insuportável. Mas há uma salvação! Na derradeira sequência, embalada pela canção Father and Son, de Cat Stevens, o filme ganha uma emoção até então inexistente. Estreou em 27/4/2017.

    info
  • Direção: James Gunn
  • Duração: 136 minutos
  • Recomendação: 12 anos
  • País: EUA
  • Ano: 2017
Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  1. rosane moreira

    ESSA PESSOA DEVIA GUARDAR SEU MAL HUMOR SO PRA ELE MESMO!!!!

  2. esse Miguel Barbieri tava de TPM quando escreveu o texto? só metendo o pau, esse deve ser de mau com a vida.

  3. Bem regularzinho esse filme; forçado, cansativo.